NPK

Discussões sobre diferentes técnicas de plantio (solo, vasos, hidroponia etc.)

NPK

Mensagempor paulinha do sul em 20 Jun 2009, 19:50

Gostaria de saber qual a composição certa de fertilizante para flores anuais e perenes, uma composição ideal para administrar desde a semeadura ou plantio de mudas até a floração ou termino do ciclo da flor?brigadimmmmm :!:
Avatar de usuário
paulinha do sul
Usuário Jalapeño
 
Mensagens: 48
Data de registro: 14 Jun 2009, 18:00
Localização: Cidade de Canoas Rio Grande do Sul

Re: NPK

Mensagempor roque em 21 Jun 2009, 10:17

"Solos e substratos, adubos e fertilizantes" em:
viewtopic.php?f=4&t=4597


"Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar" em:
viewtopic.php?f=4&t=2665


"Como produzir bifertilizante sólido" em:
viewtopic.php?f=4&t=2951
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: NPK

Mensagempor paulinha do sul em 21 Jun 2009, 13:11

Roque brigadimm, estou lendo os topicos que me indicou, sabe na verdade ainda não cultivo pimentas mas gostei deste forum e resolvi entrar,e é claro que vou cultivar pimentas mas a frente, no momento cultivo flores tipo petunias, cravos, tagetes, bocas de leão entre outras e gostaria de saber se o biofertilizante funciona pra flores anuais e perenes e se usando só o biofertilizante feito em casa tenho bons resultados na floração, ou preciso ter um fertilizante especifico pra floração?brigadimmmm
Avatar de usuário
paulinha do sul
Usuário Jalapeño
 
Mensagens: 48
Data de registro: 14 Jun 2009, 18:00
Localização: Cidade de Canoas Rio Grande do Sul

Re: NPK

Mensagempor roque em 22 Jun 2009, 09:10

Vc pode ter excelentes resultados apenas com adubação orgânica, seja com biofertilizantes por via foliar ou por adubação direta no solo com compostos orgânicos, biofertilizantes líquidos ou humus de minhocas, além de outros fertilizantes como tenho indicado em "Solos e substratos, adubos e fertilizantes" em: viewtopic.php?f=4&t=4597 . O importante é vc saber as necessidades nutricionais de cada planta e ter a noção de que cada caso é um caso e que não existem receitas prontas que sejam boas para todas as plantas. As ornamentais são um grupo muito diversificado, como vc mesmo diz, tem as anuais e as perenes, muitas tem necessidades particulares e específicas, então não posso te passar nenhuma recita ou "fórmula" que seja milagrosa, vc tem de verificar quais os nutrientes mais demandados pela planta na fase de desenvolvimento fisiológico em que ela esteja e escolher a melhor forma de fornecer esses nutrientes. Os grndes viveiros e as empresas que trabalham com produção de plantas ornamentais tem esquemas diferenciados para cada tipo de planta, e muitas receitas ou esquemas são mantidos como se fossem verdadeiros "segredos industriais", por isso as vezes é muito dificil manter uma muda comprada em uma floricultura tão bonita, vistosa e produtiva, pois ela estava se desenvolvendo em um ambiente específico, com manejo e nutrição controlados e qdo vc tenta em casa não consegue plantas tão bonitas. Então não é apenas a nutrição, mas todo um aporte tecnológico que os viveiros tem que fazem com que determinadas plantas floresçam ou fiquem tão bonitas.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: NPK

Mensagempor silvia225 em 07 Jul 2009, 21:59

Roque,

Pra mim parece-me que nunca serei capaz de saber o que uma dada planta precisa em termos de nutrientes. Refiro-me a micronutirentes e mesmo outros como Boro, Manganes, Zinco.

Por outro lado estou determinada a nao usar mais o NPK, exceto no plantio. Já tinha adquirido um novo adubo que me pareceu muito bom - uma mistura de esterco, muita ureia de vaca, NPK, Zn e Cobre, quando comecei a ler sobre os problemas do uso do NPK . Mas acho pouco prudente não usar nem este adubo porque temos aqui muitas frutiferas e eu não consigo produzir tanto material organico para adubá-las, alem do biofertilizante e boksahi liquido que já comprei e vou começar a usar. Este adubo me pareceu menos forte do que o NPK puro e mais rico. Deste mesmo pessoal compro um condicionador de substrato que estou usando no jardim (flores) junto com o biofertilizante. Faço o composto há uns poucos anos, mas apesar de tudo o que sai da cozinha ir para terra, é pequena a quantidade. Quanto à cobertura, sempre há "palha" em todos os canteiros e pés de árvores.

Penso que esta transição de uso regular, três vezes ao ano de NPK, para abolí-lo totalmente deva ser feito em um ano, quanod vou estar mais ( eu e o solo) mais acostumado a novas práticas: roçar ao inves de capinar, uso de adubo verde,uso de biofertilizante e bokashi, eliminação de agrotóxicos, e por fim, melhoria da técnica do composto (dificl convencer os trabalhadores a fazer as camadas direitinho).

Qual sua opinião?
silvia225
Usuário Cumari
 
Mensagens: 135
Data de registro: 16 Abr 2009, 00:23
Localização: BH

Re: NPK

Mensagempor roque em 08 Jul 2009, 17:41

Roque, Pra mim parece-me que nunca serei capaz de saber o que uma dada planta precisa em termos de nutrientes. Refiro-me a micronutirentes e mesmo outros como Boro, Manganes, Zinco.

Por outro lado estou determinada a nao usar mais o NPK, exceto no plantio. Já tinha adquirido um novo adubo que me pareceu muito bom - uma mistura de esterco, muita ureia de vaca, NPK, Zn e Cobre, quando comecei a ler sobre os problemas do uso do NPK . Mas acho pouco prudente não usar nem este adubo porque temos aqui muitas frutiferas e eu não consigo produzir tanto material organico para adubá-las, alem do biofertilizante e boksahi liquido que já comprei e vou começar a usar. Este adubo me pareceu menos forte do que o NPK puro e mais rico. Deste mesmo pessoal compro um condicionador de substrato que estou usando no jardim (flores) junto com o biofertilizante. Faço o composto há uns poucos anos, mas apesar de tudo o que sai da cozinha ir para terra, é pequena a quantidade. Quanto à cobertura, sempre há "palha" em todos os canteiros e pés de árvores.

Penso que esta transição de uso regular, três vezes ao ano de NPK, para abolí-lo totalmente deva ser feito em um ano, quanod vou estar mais ( eu e o solo) mais acostumado a novas práticas: roçar ao inves de capinar, uso de adubo verde,uso de biofertilizante e bokashi, eliminação de agrotóxicos, e por fim, melhoria da técnica do composto (dificl convencer os trabalhadores a fazer as camadas direitinho).

Qual sua opinião?

A matéria Organica (MO) é uma das maiores e melhores fonte de microelementos como zinco, boro, manganês, cobre, ferro, etc... Se vc faz uma adubação orgânica, utilizando compostos orgânicos ou biofertilizantes produzidos a partir de misturas de restos de plantas e animais, seja esterco ou mesmo penas de aves e até as farinhas de ossos ou de sangue, nesse mix vc já estará fornecendo todos os microelementos, pois nos tecidos biológicos vegetais e animais, esses elementos químicos são encontrados já nas proporções ideiais de que cada ser vivo precisa. Numa adubação 100% orgânica, o uso de cinzas de madeira, farinha de ossos, cascas de ovos e todo tipo de resíduo vegetal, na maioria das vezes são plenamente capazes de fornecer TODOS os nutrientes que as plantas necessitam.
Os NPK químicos são adubos muito utilizados hoje e em determinadas culturas comerciais é impossível abrir mão deles. Na agricultura orgânica seu uso não é permitido em nenhuma hipótese. se vc está convencida a largar definitivamente o uso dos adubos químicos, pode fazê-lo de maneira gradual mesmo, comece a usar mais fertilizante orgãnico e menos fertilizantes químicos até que vc e suas plantas estejam totalmente em condições de só usar os fertilizantes orgânicos. Preparar o composto orgânico ou biofertilizante sólido é mesmo uma tarefa não tão simples como é apregoada na grande maioria das vezes, mas é a melhor maneira de produzir grandes qtdes de fertilizante orgãnico barato e de boa qualidade. Passe a usar estercos de todos os tipos, como os de aves, cavalos, o bovino não é o único bom para a agricultura. As cinzas de madeira e as farinhas de casca de ovos e de ossos, vc também pode produzir, em alguns locais se descarta as matérias primas, como por exemplo padarias e outros comércios de doces e massas, onde se usam ovos e se utiliza forno a lenha. Geralmente para se converter uma atividade agrícola convencional para orgânica o prazo de carência é de dois anos. Então o negócio é ir se adaptando aos poucos mesmo.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: NPK

Mensagempor silvia225 em 09 Jul 2009, 01:08

Que bom que concorda com a transição gradual. Há muito para adaptar, por exemplo a aplicação de NPK pode ser feita a qualquer hora, o biofertilizante apenas à tardinha e é aplicação mais amiúde que o NPK. Portanto, terei que adapatar a rotina dos empregados. Vou acrescentar as penas de aves no composto, temos e não usava. Parece que a adubação organica é como boa alimentação, traz saúde e dispensa o uso de vitaminas complementares e evita muitas doenças.
silvia225
Usuário Cumari
 
Mensagens: 135
Data de registro: 16 Abr 2009, 00:23
Localização: BH


Retornar para Técnicas

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 2 visitantes



cron