Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Discussões sobre diferentes técnicas de plantio (solo, vasos, hidroponia etc.)

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 05 Mar 2012, 09:20

Ok, estamos aqui justamente para isso, responder aquilo que for possivel, sempre que solicitado. Obviamente, não somos donos da verdade e nem sempre a nossa resposta é a melhor possivel, mas dentro das nossas limitações estaremos sempre a disposição dos nossos usuários.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor luciano rock em 09 Mar 2012, 13:27

Roque, por gentileza, tire uma dúvida pra mim:
Vc já falou em outro post que devemos usar o biofertilizante líquido quinzenalmente, se eu usar semanalmente pode melhorar o desenvolvimento as hortaliças, pode prejudicar ou não altera em nada? seria só desperdício de fertilizante?
Acho que o meu já está pronto, farei uma primeira pulverização em alguns dias.

grato pela atenção
saudações a todos do pimentas.org
luciano rock
Usuário Cambuci
 
Mensagens: 8
Data de registro: 05 Fev 2012, 21:58
Localização: Natal-RN

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 09 Mar 2012, 17:28

O uso semanal também é recomendado, faze-se a cada 15 dias porque é o mínimo necessário a uma boa fertilização, suficiente para manter as plantas fortes e saudaveis. Aplicar a cada 7 ou mesmo 10 dias, também é bom, e definitivamente, nunca será desperdício de fertilizante. O único cuidado é com excesso de fertilização, qdo se percebe que as plantas estão recebendo muito fertilizante é hora de dar um tempo, ou alongar o período de aplicação. Já usei biofertilizante semanalmente em muitos casos, então não vejo problema nenhum em vc fazer isso nas suas plantas ou mudas.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor luciano rock em 12 Mar 2012, 12:07

valeu Roque, como sempre, voce ajuda muito !
até +
luciano rock
Usuário Cambuci
 
Mensagens: 8
Data de registro: 05 Fev 2012, 21:58
Localização: Natal-RN

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 15 Mar 2012, 07:37

Roque,
Fui hoje de manha coletar esterco para uma nova produçao de Biofertilizante e o homem que me fornece o esterco ficou curioso por eu pegar esterco verde e me fez uma pergunta que nao soube responder com detalhes.Ele tem algumas vacas,plantaçao de hortaliças que ele vende, e disseram a ele que poderia usar a urina de vaca como preventivo nas pragas mas ele nao sabe como fazer.Ele tem a facilidade de coletar a urina mas nao sabe como usa-la.Existe alguma formula simples que ele possa aplicar na plantaçao de verduras? Como eu nao soube responder corretamente,repasso a pergunta a vc,e se puder me passar alguma fórmula,eu repassarei a ele, que com certeza ficara agradecido.Abraço,
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 15 Mar 2012, 12:19

A resposta encontra-se nesse mesmo tópico, na primeira página, viewtopic.php?f=4&t=2665 , "..... Essa urina fresca pode ser fermentada colocando-se em recipiente fechado como garrafa pet de 2 litros .....", nesse texto primário existe a indicação de usar a urina como biofertilizante, porém pode-se usar a mesma urina para controlar algumas pragas e também existe recomendação para doenças, mas eu não vi ainda nada escrito sobre isso, como biofertilizante já usei e já vi sendo usado com sucesso em abacaxi e em hortaliças. Vale ressaltar que todo bom biofertilizante tem sempre alguma ação antimicrobiana e antifúngica, auxiliando, portanto, no controle de vários fitopatógenos, além disso os biofertilizantes fazem uma nutrição mais efetiva, deixando a planta mais forte e menos sucetíveis a pragas e doenças. No texto incial também existe a sugestão de adicionar uma parte de urina junto com as fezes de bovino na produção do biofertilizante.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 15 Mar 2012, 14:07

Roque,
Li o seu texto e pelo que entendi é só guardar a urina pura em recepiente bem fechado em local escuro por 15 dias e esta pronto para aplicaçao mas somente em plantas adultas,correto? Eu ja´completei o meu tambor 50 litros e já fechei para uma nova produçao do Bio,porem o esterco que coletei é fresquinho mas nao foi coletado de dentro do curral .Se eu quiser incrementar com um pouco de urina de vaca pura ainda dá para colocar no tambor? Que quantidade para 50 litros?Obrigado pela grande ajuda,
Darci,
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 15 Mar 2012, 17:38

Para um recipiente de 50 litros o ideal seria produzir no máximo uns 40 ou 45 litros de biofertilizante, dependendo do formato do tambor, para evitar que o líquido fique muito próximo da mangueira de suspiro, sempre é necessário deixar uns 10cm de espaço vazio. Se o tambor for de 60 litros e vc está fazendo 50 litros de mistura, a fórmula inicial seria 15 litros de esterco verde, 200 a 300g de açúcar, cristal ou mascavo, dois tabletes de fermento biológico fresco ou dois pacotinhos do fermento biológico seco, e água suficiente para completar o volume de 50 litros. Então 30% de esterco fresco em volume. A urina deve ser algo em torno de 10% do volume da mistura, então nesse caso, 5 litros seria, inicialmente, o ideal. O fermento vc coloca na água, temperatura ambiente ou levemente aquecida, pouco acima de 30ºC, mas menor que os 40ºC, e com um pouco de açúcar para ativar o metabolismo das leveduras, eu recomendo usar, se possivel o fermento fresco, dois tabletes, e açúcar mascavo, é mais caro, mas tem mais nutrientes, uns 2 litros de água em 35ºC, duas colheres de sopa de açúcar mascavo, coloco o fermento e misturo bem, rapidamente incia-se a metabolização da sacarose pelas leveduras do fermento, deixo de lado, coloco o esterco, a urina em seguida, uns 20 litros de água com o resto do açúcar dissolvido, misturar tudo muito bem e depois disso acrescentar o fermento ativado, misturar muito bem e acertar o volume desejado com água, tampar o recipiente e iniciar o processo anaeróbico, dentro de pouco tempo, minutos começa a borbulhar o gás pelo respiro. Depois de fechado e inicado o processo, passado algumas horas, não se recomenda abrir mais o tambor, porque haverá interrupção da anaerobiose, porque depois de algum tempo, mesmo havendo algum bornbulhamento ainda, a qtde de oxigênio dentro do tambor já será pequena, mas isso não podemos ter ideia de qdo ocorra, se vc fechou o seu tambor a poucas horas, provavelmente pode abrir e colocar urina ainda, mas eu não faria isso, deixaria fermentar normalmente e faria a estabilização da urina como indicado e depois acrescentaria a urina ao biofertilizante já pronto daqui uns 7 a 10 dias. Veja que tudo isso é só uma indicação inicial e a cada vez que vc fizer seu biofertilizante irá ir incrementando sua "receita", corrigindo a sua técnica e a maneira mais adequada a seu processo e materiais, é como fazer uma boa cerveja, não é só levedura, água pura, malte, cereais e lúpulo, tudo isso conta muito, mas o processo é o segredo do bom mestre cervejeiro, assim é toda fermentação ou processo envolvendo microorganismos, no nosso caso trabalhamos com materiais diferentes a cada vez, pois esterco não é um material muito regular, depende muito de que animal vem e do que esse animal comeu. Então cada esterco pode ser relativamente variável e isso torna a produção de biofertilizantes uma coisa ainda mais complexa que outros processo, onde os ingredientes são mais controlados. É isso que tenho a indicar no seu caso.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 15 Mar 2012, 18:52

Roque,
Na primeira vez que fiz o Bio,ocorreu tudo normalmente como vc descreve para todo o processo de fermentaçao.Nessa segunda fase de produçao,eu arrumei um tambor de 60 litros,coloquei uns 15 quilos de esterco fresco,um tablete de fermento diluido em agua com umas trez colheres de açucar comum e acrescentei ao esterco com agua em + ou - 50 litros, e misturei bastante com um cabo de vassoura.Eu nao estou vendo as bolhas que normalmente saem na garrafa pet, mas nao sei se o processo esta correto.O tambor esta bem fechado e acho que nao tem nenhuma vazao de ar.
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 15 Mar 2012, 19:38

Um dos problemas comuns é achar que o sistema está bem vedado e não está, isso já ocorreu comigo, além disso vc disse que está usando um tambor novo nessa vez e isso pode ser o problema então. A conexão da mangueira, geralmente, é o local por onde ocorre a saída do gás sob pressão e posteriormente a entrada de ar atmosférico. uma alternativa em tambores maiores é a colocação de uma torneira dessas de plástico preto, que tem um anel de vedação de borracha interno e externo, depois de apertado sistema fica bem vedado, tudo onde a água não passa serve, em tese, para gases também, uma mangueira colocada nessa torneira permite a saída do gás, lembrando sempre que a ponta dessa mangueira deve estar mergulhada num recipiente d'água, o mais adequado é uma garrafa pet de 2 litros. Assim o gás sob pressão sai e o ar atmosférico não entra. Mesmo se colocar fermento, após fechado a simples mistura de esterco fresco e água irá fermentar e ocorre a saída do gás sob pressão, o fermento e o açúcar, apenas aceleram esse processo, então se não sai nada na ponta da mangueira, ou está ocorrendo alguma coisa na mistura ou mais provavelmente existe algum ponto de escape do gás, o que é mais comum. Algumas misturas demoram mais a iniciar a fermentação, algumas horas e até um dia, mas normalmente a saída do gás é mais ou menos rápida, ainda mais se a temperatura ambiente estiver alta. Verifique a conexão da mangueira do suspiro e a tampa do tambor para se certificar se não existe pontos de vazmento.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 15 Mar 2012, 20:15

Roque,
Esse é o novo tambor que é maior que o anterior com a tampa de anel elastico que fecha sob pressao.Aparentemente ele nao tem por onde vazar mas pode e acho que esta vazando por algum lugar.Se estiver vazando ar a qualidade do Biofertilizante estará comprometida ou somente vai demorar mais tempo para estabilizar?
Anexos
DSC08047.JPG
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 16 Mar 2012, 06:49

Realmente, esse tipo de recipiente não é dos melhores mesmo, o ideal é o do tipo com boca rosqueável, que apresenta uma vedação bem melhor, existem os galões plásticos com tampa larga e rosqueável, usados até para colocar leite, que são muito bons, eu tenho quase certeza que o problema é vazamento, só olhando a foto do seu equipamento, mas certifique-se e veja o que pode ser. O processo de bioestabilização ocorre tanto por via aeróbica quanto anaeróbica, então com ar ou sem ar vc terá um biofertilizante dentro de 10 dias, mais ou menos. O processo anaeróbico, para esterco bovino, segundo a literatura especializada, é melhor, porque a flora microbiológica do esterco de ruminantes produz um número maior de substâncias com ação inibitória ou deletérea sobre microorganismos patógenos, dando ao biofertilizante assim produzido, uma ação dupla, fornecer nutrientes e ajudar a combater fitopatógenos. Na produção aeróbica a flora mais ativa será outra, mas a bioestabilização e a disponibilização de nutrientes será, praticamente a mesma, então como fertilizante vc não terá grandes alterações. Por isso se sugere a produção do biofertilizante, usando como substrato esterco bovino fresco, a via anaeróbica. Também por esse motivo o esterco deve ser o mais fresco possível, pois assim a carga de microorganismos vivos, existentes no trato digestório dos ruminantes será a maior e mais diversa possível. Algumas fórmulas de biofertilizante apresentam também leite e outros pordutos, eu costumo usar restos de leite em meus biofertilizantes, se for experimentar um dia prefira leite desnatado, que não possui gordura, porque a gordura é indesejável em todas as produções de fertilizantes orgânicos.
Vou lembrar mais uma vez, fazer biofertilizante, de qualquer tipo é como receita de bolo ou pão, todo mundo tem a sua, mas se vc escrever com detalhes uma receita de um excelente bolo de um mestre confeiteiro, dificilmente irá conseguir repetir o mesmo sucesso nas primeiras tentativas, pequenas diferenças na técnica, nos equipamentos e nos ingredientes, geralmente fazem toda a diferença, por isso a prática é fundamental, fazer compostagem, produzir biofertilizante líquido e outros fertilizantes orgânicos é bem dessa forma, porque como já disse, o esterco e os outros materiais sempre vão apresentar pequenas diferenças e a fórmula e ou receita tem de ser constantemente corrigida paea se obter sempre o melhor resultado.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 19 Mar 2012, 15:15

Roque,

Existe muita diferença ( ou perda)se eu aplicar o fertilizante liquido direto na terra como rega em vez de fazer aplicaçao foliar com pulverizador? Pergunto porque já percebi em experiencias anteriores que a planta fica um pouco abatida com a pulverizaçao foliar para adubaçao quimica.Com o Biofertilizante isso nao acontece,mas é que acho mais pratico fazer a diluiçao do biofertilizante e colocar direto na terra.Obrigado,
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 19 Mar 2012, 17:13

Em termos de absorçao de nutrientes, aplicar sobre a parte aérea e somente irrigar, na prática não faz diferença, desde que as qtdes aplicadas por planta sejam as mesmas. Na aplicação foliar existe a possibilidade de uma proteção das folhas com o biofertilizante, que devido a substâncias orgânicas com sabor e odor desagradáveis aos insetos pode ajudar a combater alguns tipos de pragas e devido a alguma capacidade antifungica e ou antimicrobiana, pode ajudar a combater algumas doenças, então, em função disso, a aplicação de biofertilizantes na parte aérea das plantas acaba tendo efeitos melhores que somente a irrigação. Em todo caso eu costumo aplicar das duas formas, ora via foliar, mais diluído, ora via irrigação um pouco mais concentrado, entre as irrigações com água, normais do manejo de cada planta. A aplicação de fertilizante foliar seja químico ou orgânico, nunca deve deixar sequelas ou deixar plantas murchas e "abatidas", se isso ocorre, muito provavelmente, a diluição e ou a qtde aplicadas estão acima do recomendado para o produto e ou planta, enfim, a aplicação deve ser com as plantas sempre bem hidratadas e sem sol ou calor excessivos, variantes que contribuem para ocasionar esse tipo de problema. Eu sempre indico aplicar a tardinha todo tipo de produto, assim sempre teremos a noite para a planta absorver o produto sem a ação do sol e ou o calor excessivo do dia.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 19 Mar 2012, 17:45

Entao vou aplicar por pulverizaçao e nas regas alternadamente a cada 15 ou 20 dias.Assim que o meu novo tambor de Bio estiver pronto ,vou colocar em bombonas e começar de novo,assim sempre vou ter Biofertilizante novo em processo de produçao.Valeu Roque,
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 21 Mar 2012, 09:22

vc pode pulverizar semanalmente com a diluição normal, após é claro, irrigar com água, nunca pulverize plantas em déficit hídrico, secas ou murchas, devem estar bem hidratadas, evite horários mais quentes e luz solar direta.



Roque,
Retirei esse trecho acima do seu texto na primeira pagina do topico para te fazer uma pergunta: Se a adubaçao for feita direto na terra sem a pulverizaçao,tambem é preciso fazer irrigaçao com agua antes de fazer a adubaçao com o Biofertilizante?
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor beatriz behrens em 21 Mar 2012, 10:23

Olá.
Sr. Darci por gentileza, gostaria de saber quanto a fertilização
das orquideas.
Tenho um pequeno orquidário, mas sempre fico em dúvida de qual
adubação adequada.
Atualmente uso só foliar,NPK 10-10-10. 12-14-8.Peters e Biofert universal,(alternadamente).
Tenho receio de colocar diretamente no vaso,podendo queimar as raizes.
Qual a orientação que me sugere? Qual o melhor fertilizante?
Poderia colocar algum tipo não quimico nas orquídeas que fosse foliar,por ser mais prático. :)
Att.
Beatriz.
Avatar de usuário
beatriz behrens
Usuário Cumari
 
Mensagens: 149
Data de registro: 08 Mai 2011, 00:30
Localização: São Leopoldo-RS

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor roque em 21 Mar 2012, 16:59

Se o biofertilizante for usado diluído na irrigação, não porecede de uma irrigação com água pura anterior. Essa recomendação é mais para aplicação foliar, particularmente em climas mais quentes e secos e com possibilidade de sol mais forte e intenso sobre as plantas, nesses casos o ideal é sempre usar fertilizantes foliares com as plantas bem hidratadas.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Darci em 21 Mar 2012, 17:10

Ola Beatriz,
Eu nao sou a pessoa mais indicada para ajudar no seu problema pois só tenho plantas frutiferas e nenhuma experiencia com orquideas.Poste sua duvida no link abaixo que vc que encontrara pessoas para te ajudar nas suas orquideas.
http://www.pimentas.org/forum/viewforum.php?f=28

Roque,
Obrigado por mais essa ajuda.
Avatar de usuário
Darci
Usuário Fatalii
 
Mensagens: 1012
Data de registro: 15 Fev 2009, 18:11
Localização: Interlagos - Sao Paulo

Re: Produção de biofertilizantes líquidos e adubação foliar

Mensagempor Sinval Braga em 21 Mar 2012, 19:21

Darci
Estava vendo a foto da sua bombona, e posso te garantir que quanto maior a boca, mais chances de vazamento vc tem. O ideal seria uma bombona com apenas uma boca, e pequena. Vc faz a diluição do esterco de gado fresco com a água até atingir mais ou menos o ponto de "mingau". Com um funil, fica facil abastecer a bombona.

Com a permissão do Roque, uma dica que sempre uso e da certo. Onde a mangueirinha entra na tampa, coloque um pouco do próprio esterco fresco até que tome todo espaço (mangueirinha e tampa). Este esterco seca, e vira uma "pedra", não permitindo entrada ou saida de ar por este espaço.

Um abraço a todos
Sinval
Avatar de usuário
Sinval Braga
Usuário Murupi
 
Mensagens: 851
Data de registro: 15 Fev 2011, 20:14
Localização: Birigui SP

AnteriorPróximo

Retornar para Técnicas

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante