Plantio em bandejas ou sementeiras de isopor

Discussões sobre germinação de sementes e tudo o que é relacionado com a primeira etapa de crescimento das plantas

Plantio em bandejas ou sementeiras de isopor

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 10:39

Atualmente, em plantio de olerícolas, existe uma quase unanimidade da utilização de bandejas de poliestireno expandido (isopor) ou de outras matérias plásticas. Essas bandejas facilitam o manejo, transporte, irrigação, adubação, etc.
São muito práticas e razoavelmente econômicas. Aqui em Manaus, uma bandeja como a da primeira foto, adequada para a semeadura de pimenta, pimentão e tomate, com capacidade p/128 mudas. Notem que essa da foto já é bem usada, tenho ela a mais de 2 anos, e já foi utilizada para semear um número bem grande de tipos diferentes de plantas. Tem bandejas com 200 células, mas se prestam mais p/verduras, como alface e rúcula, outras de 72 células, como a da segunda foto onde estão mudas de abacaxi, obtidas de sementes, essa é mais adequada a plantas maiores, mas pode ser empregada p/semear pimentas e tomates sem problemas. Estou apresentando essa opção mais técnica, pois tenho verificado que muita gente tem demonstrado dificuldades na produção e condução de mudas. Alguns plantam direto “na terra”, outros direto nos vasos, em copos, ou germinam nas folhas de papel, e depois passam para algum vaso ou recipiente. As bandejas soa leves e facilitam o transporte, manejo, rega, adubação, etc. E eu acho bem melhor, principalmente em se tratando de sementes mais raras e difíceis de conseguir. Muitas vezes se investe tempo e dinheiro e se produz mudas bem aquém do que gostaríamos. Quanto ao substrato, para pimenteiros menos experientes eu não recomendo fazer o próprio substrato, é melhor recorrer aos disponíveis no comércio. Onde vc adquirir a bandeja, encontrará, certamente, algumas opções, a mais comum é o PlantMax HT da Eucatex, mas já existem muitas outras. Verifique o preço e a embalagem, mas dê preferência p/aqueles com indicação para: hortaliças fruto, pimentão ou tomate, pois nunca vi nada específico p/pimentas. Esses substratos prontos utilizam vermiculita, pó de fibra de coco ou outro componente volumoso, com alta porosidade, para facilitar a drenagem. Todos os substratos prontos também tem alguma fonte de matéria orgânica bioestabilizada e ainda nutrientes, geralmente em concentrações equilibradas para as culturas recomendadas pelo fabricante, pelo menos é isso que se espera. Esses substratos vem em sacos relativamente grandes, mas o investimento compensa.
Não utilize terra vegetal, fibra de coco, etc. Pois sem ter garantia desses produtos vc pode comprometer suas sementes. Eu, que já produzo composto orgânico e húmus de minhocas já a mais de 8 anos, preparo meu próprio substrato. Utilizo composto orgânico, 80 a 90%, e húmus de minhocas fresco, 10 a 20%, mais calcário dolomítico e fosfato de rocha ARAD. Na segunda foto, o substrato pronto em uma caixa de 150 litros, na terceira, matéria prima, o composto orgânico n uma caixa de 1000 litros.
Bem escolhido seu substrato, verifique inicialmente a umidade do mesmo, pois algumas vezes esses produtos comerciais estão muito secos para o preenchimento da bandeja. Separe uma porção e faça uma rega bem moderada, deixando o material levemente umedecido. Uma bacia plástica é ideal para esse manejo, coloque a bandeja em cima dessa bandeja ou sobre uma mesa, vá colocando porções do substrato com a mão ou com alguma vasilha pequena, com a mão ou com uma ripa, vá passando lentamente sobre o montinho formado, espalhando o substrato levemente pelas células. Preencha totalmente as células. Retire o excesso e retorne p/a bacia. Levante a bandeja por uma extremidade até uma altura de uns 30cm e deixe cair sobre uma superfície plana, pode ser na mesa. Repita esse processo duas vezes de cada lado para promover leve compactação do substrato no interior das células. Complete os espaços que ficaram devido a compactação. Passe uma régua ou ripa para deixar uniforme e retire o excesso. Com a ponta do indicador, faça os furos no centro de cada célula, vc pode utilizar algum instrumento para isso, mas eu acho mais difícil de controlar a força, existem placas padrão para fazer furos homogêneos, mas ou vc manda fazer ou são muito caras e só vale a pena se vc vai semear dezenas de bandejas, o q eu acho, não é o nosso caso. Quanto mais uniforme a posição e a profundidade dos furos, mais homogênea será a germinação, 0,5cm é a profundidade ideal, com o tempo vc irá adquirir prática. Coloque uma única semente por célula, faça a identificação da variedade ou cultivar, na borda colando um adesivo como nome, cobrindo-o com fita gomada para impermeabilizar, ou com qualquer outra forma, pode ser com marcas, ou com colheres plásticas com cores diferentes, cada marca ou cor p/cada tipo, mais daí vc tem que guardar bem a marcação, se perder a anotação já era! Bem aqui vc exercita sua criatividade. Em produções comerciais se utiliza uma bandeja completa, ou várias delas para uma única cultivar, então fica bem mais fácil identificar. Cubra as sementes com o mesmo substrato fazendo um montinho em cima da semente, faça leve compactação, e uma rega bem suave para umedecer bem a superfície do substrato, em seguida coloque a bandeja no local de germinação. Esse local deve ser sombreado entre 50 e 70%, e a bandeja não deve ter a base totalmente apoiada sobre uma superfície, pois nesse caso, as raízes ao se desenvolverem formarão uma massa embaixo da bandeja, dificultando a retirada da muda e provocando perdas de sistema radicular no transplantio. O furinho no fundo da célula deve ficar exposto ao ar e a luz, dessa forma a raiz ao atingir a superfície inferior acaba sofrendo uma poda natural, havendo o desenvolvimento completo do sistema radicular apenas no torrão existente no interior da célula, como o observado na muda mostrada na figura. Essa é uma das grandes vantagens de fazer a produção das mudas em bandejas.
Faça duas regas diárias, e depois da germinação. Ao ser emitido o primeiro par de folhas definitivas, comece a pulverizar com biofertilizante líquido ou adubo foliar bem diluído, como o ouro verde, ou outra fórmula comercial, de preferência líquida, e com teor de N maior que os de P e K. Veja a recomendação do fabricante e faça a diluição com um terço, depois metade do recomendado, por exemplo, se a sugestão do rótulo for 30ml por litro, comece com 10ml, e aplique durante duas pulverizações com intervalos de 7 dias (semanais), depois passe p/15ml por litro nas duas semanas seqüentes, depois 20ml, até quando a muda estiver nesse ponto da foto. Estou experimentando o AMINOM MUDAS da NATURALRURAL, e está dando bom resultado na adubação foliar, como pode ser verificado nas bandejas das fotos e em todas as mudas dos copos. Quando for retirar as mudas suspenda as irrigações até o substrato ficar seco, nesse ponto a muda pode ser retirada com todo o torrão, como na foto. Note nessa foto que esse é o ponto de se retirar a muda da bandeja, com no mínimo 10cm e com quatro folhas definitivas bem desenvolvidas. Essas mudas podem ser replantadas diretamente em vasos, covas ou canteiros, mas podem, como na foto ser passadas para copos de 180 ou 300ml, para um desenvolvimento maior, faço isso nesse período de chuvas muito intensas, aqui em Manaus, pois prefiro transplantar as mudas maiores, e também escolher uma época com o solo menos encharcado. Na bandeja esse período de espera do momento ideal pode ser demasiado, prejudicando o desenvolvimento da muda.
O copinho, nesse caso, deve ser furado com um pregou ou vergalhão fino, aquecido e na base inferior do copo e não no fundo do mesmo. Evite copos transparentes, podem ser brandos ou coloridos, como os da foto que são vermelho escuro e de 180ml. O substrato pode ser o mesmo da bandeja ou terra + Matéria Orgânica e adubo. Vc pode encher 40% do copo, colocar uma “pitada” pequena de NPK 4-14-8, ou mesmo 10-10-10. Preencha o restante do copo e faça um furo no centro, com o dedo, deixando-o como um cone invertido, vc pode usar um pedaço de madeira para isso. Coloque a muda precione levemente, aperte com a ponta dos dedos nas laterais para retirar o ar, evitando espaços vazios no substrato. Complete até a borda e faça outra leve compactação. Faça uma irrigação suave para umedecer o substrato do copo. Nunca coloque água até escorrer dos furos do copo, pois vc estará “lavando” o substrato, ou seja, lixiviando os nutrientes. Cada copo deve 3 furos, para boa drenagem, evite excesso d’água, não faça a irrigação com esguicho, utilize um regador pequeno, com furos capazes de produzir pequenas gotas. Quando a muda estiver no ponto ideal ou as suas condições edafoclimáticas forem favoráveis, devemos plantar, de preferência a tarde, depois das 16:00h, e fazer boa irrigação do solo. Ou passar para os vasos. Uma regra de ouro: Nunca deixe para encher o vaso ou preparar covas e canteiros, no dia ou na véspera do plantio, faça isso pelo menos uma ou duas semanas antes, isso podemos discutir numa outra ocasião.

Essas sugestões são baseadas na minha prática como cultivados de olerícolas, e nos conhecimentos obtidos nas disciplinas de horticultura, olericultura e fruticultura, na faculdade de agronomia.
Estou aberto a discussões, sugestões e críticas.

José Roque R. de Godoy
Farmacêutico, Agrônomo e Mestre em Ciências do Ambiente.
Anexos
bandeja.jpg
abacaxi.jpg
Editado pela última vez por roque em 11 Abr 2008, 09:07, num total de 1 vezes
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Substrato

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 10:43

Composto orgânico - matéria prima - cx de 100 litros;

Substrato pronto - cx de 150 litros.
Anexos
composto organico.jpg
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Substrato pronto

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 11:04

Em "técnicas", coloquei uma maneira de produzir o biofertilizante sólido ou composto orgânico, base desse substrato.
Anexos
substrato.jpg
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Mudas em bandejas

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 11:10

Minhas mudas de pimentas e tomates, das sementes que recebi do pessoal daqui do Forum!
Anexos
mudas pimentas.jpg
mudas tomate.jpg
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

mudas no torrão e no copo

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 11:40

Um copo, pronto p/receber a muda da bandeja. Mudas retiradas da bandeja e nos copos, recém transplantadas e já prontas p/plantio. Ãs fotos estão ruins, mas é o conjunto máquina e operador, não tem jeito!
Anexos
copo.jpg
muda1.jpg
muda3.jpg
mudas1.jpg
mudas2.jpg
mudas3.jpg
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Roque

Mensagempor Mariachi em 11 Jan 2008, 12:08

Belíssima aula, coisa de profissional mesmo. A foto muda1.jpg está uma beleza. Eu tenho aqui do meu lado uma Fatalii plantada assim mesmo no copo e que está com aproximadamente 5 cm de altura. Há mais de um mês não cresce nem um milímetro. Isso deve ser a boa terra amazônica. :)
Mariachi
"A sabedoria não é um produto da escolaridade, mas da tentativa ao longo de uma vida para obtê-la." Albert Einstein
Avatar de usuário
Mariachi
Usuário Habanero Chocolate
 
Mensagens: 1508
Data de registro: 12 Out 2007, 10:05
Localização: RIO DE JANEIRO - RJ BRASIL

Vc esta fazendo

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 12:15

adubação foliar? Poder ser pouco N no substrato. Essas mudas grandes dos copos, além da adubaçõa foliar, fiz a adubação com o NPK 4-14-8, q era o q tinha no momento, mas o ideal seria o 10-10-10, como descrito acima, menos da metade do copo, uma pitada pequena, meia colhaer de café, aquela bem pequena, substrato faz o furo e coloca a mudinha. Agora faço isso com as mudas retiradas da bandeja. Estou fazendo a adubação foliar com o aminom semanalmente, inclusive fiz na quarta nessas mudas da foto.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Roque

Mensagempor claudiotxr em 11 Jan 2008, 12:22

Eu faço o transplante bem mais cedo, você faz que tipo de adubação quando ainda estão nas bandejas??? Na realidade faço uma fase a mais, do tubete ou bandeja vai pra um copo de daí pra destinação final....
Claudio Teixeira - Desterro - SC - Brazil

Regras para Pedido de sementes
viewtopic.php?f=6&t=7052
http://twitter.com/claudiotxr
Avatar de usuário
claudiotxr
Usuário 7 Pot
 
Mensagens: 2514
Data de registro: 09 Dez 2006, 11:48
Localização: Desterro - SC - BR

Claudio

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 12:43

como coloquei aí faço uma adubação foliar semanal, agora com o aminom, mas pode ser qualquer adubo foliar comercial, acertando a dose, no início bem diluído, depois vou aumentando a concentração, pois a recomendação que vem nos rótulos, geralmente é para a planta adulta. Antes do aminom, estava usando um resto de ouro verde sólido, q eu diluia, mais o biofertilizante, quando não tenho biofertilizante pronto ou adubo foliar, uso uréia diluída, mas não recomendo isso p/principiantes, o q não é o seu caso, lógico, pois a uréia tem de ser usada com cuidado, uma bobeira queima-se tudo. Eu passo p/os copos por causa do período chuvoso, mas a muda da bandeja pode ser transplantada sem problemas. Quando planto em vasos, as da bandeja, nesse padrão aí, vão direto, no período seco, vão para o solo também. Agora como essas grandonas dos copos, o pegamento é muiot bom, o problema é q elas estão muiot viçosas e podem sofrer um pouco se enfrentarem um período seco, sem a irrigação usficiente.
Tenho mudas em copos de 300ml, mas essas estavam melhores p/fotografar.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Roque

Mensagempor Mariachi em 11 Jan 2008, 13:01

Amanhã vou trocar o substrato e passar essa planta para um vaso um pouco maior, utilizando as suas instruções. Também vou comprar hoje o 10-10-10. Entendi que ele é sólido e que você faz um sanduíche com ele, colocando substrato, ele no meio e mais substrato por cima, certo? Pergunto isso porque comprei outro dia um 4-14-8 líquido, fabricado pela Biofert. Esse eu estou usando para adubação foliar nas minhas pimenteiras plantadas no solo e que estão em fase de floração e frutificação. Uso uma colher de sobremesa para 1 litro de água e aplico com pulverizador de alta pressão nas folhagens já previamente molhadas com água.
No solo uso o OuroVerde tradicional 15-15-20, na proporção de 3 colheres de chá dissolvidas em 2 litros de água, quantidade suficiente para regar 1 metro quadrado a cada 15 dias.
Grato e um abraço.
Mariachi
"A sabedoria não é um produto da escolaridade, mas da tentativa ao longo de uma vida para obtê-la." Albert Einstein
Avatar de usuário
Mariachi
Usuário Habanero Chocolate
 
Mensagens: 1508
Data de registro: 12 Out 2007, 10:05
Localização: RIO DE JANEIRO - RJ BRASIL

Bandejas

Mensagempor Ronaldo Augusto Bauermann em 11 Jan 2008, 13:12

Caro amigo Roque, eu utilizo essas bandejas, Como aqui na minha região ta um calor infernal 'ontem bateu 41°', usei a tecnica que um sr aqui utiliza, como semiei 6 ou 7 bandejas dessas fiz o seguinte eu empilho elas para manter a umidade, assim que elas começam a germinar eu tiro ela fora da pilha, pelo que estou vendo funciona muito bem.
Avatar de usuário
Ronaldo Augusto Bauermann
Usuário Cumari
 
Mensagens: 100
Data de registro: 12 Dez 2007, 13:20
Localização: Ivoti

Mariachi

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 13:25

Quanto ao 4-14-8, utilizado nas plantas adultas em floração, está bom. O 10-10-10 é granulado, dificil encontrar em pó. Os grânulos são pequenos, os brancos são N, os cinza P e os vermelhos K. Num vaso com terra rica em matéria orgânica vc pode colocar um punhadinho, se a altura for boa, no meio do vaso, a uns 5 ou 7 cm abaixo da base do torrão da muda, agora não é bem um sanduiche vc espalha o granulados bem no centro do vaso evitando de jogar próximo a borda, se tiver disponível matéria orgânica, coloque esse adubo sobre um punhado dessa MO, seja composto orgânico ou esterco bovino bem curtido, pois a MO é uma fonte muito rica de minerais essenciais dito microelementos, como também S, daí quando as raízes crescerem um pouco alcançam os nutrientes. O N é muito movel no solo e juntamente com o K, por fluxo de massa atingem rapidamente as raízes, o P, a planta tem de ir atrás. Num vaso razoável, vc pode fazer a aplicação do 10-10-10 ou 4-14-8 granulados, fazendo sulcos ao redor da pimenteira, a uns 2 a 3 cm da borda do vaso, colocando cerca de 10g de NPK por vaso de 10 litros. Agora depende muito do estado fisiológico da planta. Se ela está com aspecto bom, bem viçosa, florindo, etc, faça só a adubação foliar. Tenho até medo de recomendar adubação de cobertura, pois se o pessoal se empolgar, vira catástrofe, o sujeito pensa, só uma colherinha e fica bom, imagina a mão cheia! E aí acontece o q va já sabe, a planta vai para o beleléu! Cobrindo o sulco com o adubo com humus de minhoca, vc faz uma adubação de cobertura q denominamos de organomineral. Faço isso qdo verifico q a planta está patinando devido a deficiência, o segredo é não colocar em excesso e nem muito próximo do colo da pimenteira.
Uma coisa que vc deve lembrar sempre é de fazer calagem, ou seja, colocar calcário dolomítico no substrato com antecedência, muitas veses o problema não é a planta ou o teor de nutrientes e sim um pH muito baixo, com presença elevada de alumínio tóxico, o que acarreta má absorção dos nutrientes disponíveis e causa a indisponibilidade de outros, particularmente o P.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Roque

Mensagempor Ronaldo Augusto Bauermann em 11 Jan 2008, 13:46

Esqueci de colocar no post anterior, estou praticamente fazendo o que o Sr. descreveu, mas, estou semeando um banjeda de cada variedade, estou usando bandeja p/128 mudas, coloco o substrato e com um regua tiro o excesso, faço os buracos com o dedo e coloco a sementes, porem não tapo a semente, a semente fica a amostra, por isso o de empilhar uma bandeja em cima da outra, para manter a umidade dela, tive bons resultados, praticamente as sementes que plantei estão levando em torno de 10 dias para germinarem, faço duas regações ao dia, ao meio dia e a noite.
Avatar de usuário
Ronaldo Augusto Bauermann
Usuário Cumari
 
Mensagens: 100
Data de registro: 12 Dez 2007, 13:20
Localização: Ivoti

Ronaldo

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 13:59

Quando se faz comercialmente, como eu citei lá em cima, o ideal é utilizar uma ou mais bandejas por variedade ou cultivar, o negócio é que aqui a genta as vezes tem 5 ou 6 sementes de uma variedade ou sp, daí tenho bandejas de 128 células com mais de 10 diferentes. Colocar uma sobre a outra é muito utilizado em produção de larga escala, já vi locais onde se semeia dezenas de bandejas por dia. Agora para quem vai usar uma, duas ou três bandejas nõa dá, pois tem de "juntar" várias remessas para semear uma bandeja. Vou semear uma hoje a tarde ou amanhã cedo, tenho mais de 20 tipos diferentes, então é uma carreira p/cada variedade. Durante uns dois até três dias amontodas, é bom pois vc não tem de regar, elas mantém a umidade da semeadura, cobrir é mais para evitar da semente secar muito durantes os perídos entre as regas e p/que a semente não semovimente durante a irrigação. Eu, nos dias quentes, chego a fazer, qdo posso é claro até 3 regas bem parceladas. Aqui existe uma quase homogeinidade próxima dos 30 C, mesmo em dias chuvosos. Para quem trabalha com muitas mudas as bandejas são essenciais, não é verdade???
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Roque

Mensagempor Mariachi em 11 Jan 2008, 14:02

Muito obrigado mesmo pelos excelentes esclarecimentos. Acabei de imprimir tudo e a partir de amanhã passarei a agir conforme os seus ensinamentos.
Um grande abraço.
Mariachi
"A sabedoria não é um produto da escolaridade, mas da tentativa ao longo de uma vida para obtê-la." Albert Einstein
Avatar de usuário
Mariachi
Usuário Habanero Chocolate
 
Mensagens: 1508
Data de registro: 12 Out 2007, 10:05
Localização: RIO DE JANEIRO - RJ BRASIL

Mariachi

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 14:14

Se essas minhas sugestões forem úteis a alguns colegas pimenteiros, fico muito feliz em poder ajudar!
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Isso ai!

Mensagempor Ronaldo Augusto Bauermann em 11 Jan 2008, 14:39

Roque, é por isso mesmo, mas mesmo empilhadas rego elas duas vezes ao dia, "ta quente aqui", eu compro substrato pronto, em si o substrato ja é meio umido, tiro banjeda por bandeja e molho, essas variedades que plantei com essa tecnica são variedades destinadas a comercialização, por isso que fiz, mas aproveitando junto coloquei sementes que recebi de vcs forenses.
Avatar de usuário
Ronaldo Augusto Bauermann
Usuário Cumari
 
Mensagens: 100
Data de registro: 12 Dez 2007, 13:20
Localização: Ivoti

Aos Forenses!

Mensagempor Ronaldo Augusto Bauermann em 11 Jan 2008, 14:41

Vale a pena comprar uma banjeda de semeadura, vale a pena o investimento.
Avatar de usuário
Ronaldo Augusto Bauermann
Usuário Cumari
 
Mensagens: 100
Data de registro: 12 Dez 2007, 13:20
Localização: Ivoti

Vale a pena sim.

Mensagempor Mariachi em 11 Jan 2008, 14:47

Eu só achei cara a bandeja comprada pelo Roque, R$ 17,00.
Aqui no centro do RJ custa R$ 12,00, mas comprei em Nova Friburgo, região serrana do RJ, por R$ 6,50 com 200 células.
Mariachi
"A sabedoria não é um produto da escolaridade, mas da tentativa ao longo de uma vida para obtê-la." Albert Einstein
Avatar de usuário
Mariachi
Usuário Habanero Chocolate
 
Mensagens: 1508
Data de registro: 12 Out 2007, 10:05
Localização: RIO DE JANEIRO - RJ BRASIL

Mariachi!

Mensagempor roque em 11 Jan 2008, 14:55

Eu estou em Manaus! Aqui o custo desse tipo de coisa é altíssimo, tem coisa aqui que é até pior, e tem coisa q nem se encontra, vc vai numa casa de agropecuária, pergunta se tem tal coisa e o vendedor nem sabe o que é. Em sp ou aí no Rio, além de ter de tudo, ainda é bem mais barato! Agora a de 200 células não é muito boa p/pimentas, a de 128 é a ideal.
"Viver é aprender! Aprender é viver!"
Avatar de usuário
roque
Usuário Buth Jolokia
 
Mensagens: 4397
Data de registro: 26 Out 2007, 08:58
Localização: Manaus - AM - Brasil

Próximo

Retornar para Germinação e mudas

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 2 visitantes